O que é Hreflang?

Autor(a):

Hreflang

Quando uma empresa possui um site multilíngue por operar em diferentes partes do mundo, é importante conhecer as tags hreflang para não enlouquecer o bot do Google e, portanto, prejudicar o posicionamento internacional do site na página de resultados.

A marcação da linguagem Hreflang é um requisito importante e essencial no SEO internacional, pois um site que possui várias versões em diferentes idiomas tem que chegar ao usuário na versão conveniente que se adeque ao seu perfil, seja por idioma, geolocalização ou ambos.

Essa marcação varia de acordo com as necessidades de um projeto e depende da segmentação que se deseja alcançar com as diferentes versões. Já que existem sites que segmentam por região, outros por idioma, e até alguns que funcionam com uma versão diferente tanto para idioma quanto para região.

Para melhor compreensão, daremos alguns exemplos:

  • Segmentação por região: Site que possui duas versões em espanhol. Um que se concentra apenas no mercado espanhol e outro em países de língua espanhola em toda a América Latina.
  • Segmentação por idioma: um site que tenha pelo menos três versões, uma em inglês, uma em espanhol e uma em francês.
  • Segmentação por região e idioma: um site que possui várias versões, uma em francês voltada apenas para a Bélgica, outra em francês voltada para a França, uma em inglês e outra em espanhol.

Para que serve a tag hreflang?

Esse rótulo informa ao Google quando um site possui vários idiomas e informa onde essas diferentes versões estão na web.

De acordo com o próprio Google, existem 3 casos em que é recomendado que essa tag seja utilizada, como quando o conteúdo principal está em um único idioma e apenas o template, o rodapé do site e a área de navegação são traduzidos. Sendo muito comum este caso em fóruns.

Também quando o conteúdo está em um único idioma, mas possui pequenas variações regionais com conteúdo semelhante. Como é o caso das páginas em inglês direcionadas ao Reino Unido, EUA e Irlanda.

A terceira é quando o conteúdo é 100% traduzido em vários idiomas, no caso de sites de e-commerce que estão em espanhol, inglês, francês e italiano, para dar um exemplo.

Importância de adicionar este atributo a um site multilíngue

É sempre necessário tentar garantir que um usuário chegue a uma versão da web que esteja no idioma que ele entende, pois isso melhora sua experiência de navegação e, assim, reduz a taxa de rejeição em um site. Porque uma taxa de rejeição mais baixa é o que leva um site a alcançar uma melhor posição nas SERPs do Google.

Sua implementação é o que melhora o SEO internacional do site. Ao usar a tag rel=”alternate” hreflang=”x”, você tem a certeza de que o Google identificará o foco geográfico da web e, por isso, mostrará ao usuário a URL regional do conteúdo na versão correspondente.

Além disso, não é segredo para ninguém que o Google odeia conteúdo duplicado, então esse problema pode aparecer em um site multilíngue e arruinar todas as conquistas de SEO que foram alcançadas e penalizar o site. Então a solução simples é implementar a tag hreflang e pronto.

Como a tag hreflang é implementada?

Existem três maneiras pelas quais essa tag pode ser implementada em uma web.

1. Como elemento de link HTML

Trata-se de adicionar o código na seção <head> de cada uma das páginas, cuja estrutura hreflang será a seguinte:

rel=”alternate” href=”(url)” hreflang=”x”

O “x” é o campo onde são adicionados o código do idioma e a versão do país da URL. Para entender melhor, vamos dar um exemplo de site que possui 2 versões, uma em espanhol para falantes de espanhol nos EUA e outra em inglês.

<cabeça>

<link rel=”alternate” href= https://seomanager.com.br ” hreflang=”es-us” />

<link rel=”alternate” href=https://seomanager.com.br/” hreflang=”en-us” />

</head>

2. No cabeçalho HTTP

Consiste em implementar a tag nos cabeçalhos HTTP. Permitindo adicionar o hreflang em páginas não HTML da web, como é o caso de documentos em formato PDF.

EXEMPLO:

Link: < https://seomanager.com.br/documento.pdf >; rel=”alternativo”; hreflang=”pt”, < https://seomanager.com.br/documento.pdf >; rel=”alternativo”; hreflang=”em”

3. Dentro do Sitemap XML

Este é o último método de implementação da tag hreflang dentro do arquivo XML do Sitemap

<url>

<loc>https;://seomanager.com.br/</loc>

<xhtml:link rel=”alternate” hreflang=”en” href= https://seomanager.com.br/ “ />

<xhtml:link rel=”alternate” hreflang=”en” href= https://seomanager.com.br/ “ />

</url>

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.